Históricos

Históricos

Percorrer Rocha, no leste do Uruguai, é fazer um tour pela história. As populações indígenas que habitaram a a bacia da Laguna Merín, se caracterizaram por construir peculiares monumentos funerários. Construíam montes de terra, conhecidos como Cerritos de Indios, para sepultar a seus mortos junto aos seus bens pessoais. Cada lugar de Rocha é testemunha das diferentes etapas que precederam ao surgimento do Uruguai. 

Desde suas origens, Rocha foi um lugar estratégico por ser território fronteiriço das colonizações portuguesas e espanholas na América. Estes reinos transportavam suas disputas a esses lados, motivo suficiente para a construção de baluartes defensivos e de vigilância, como a Fortaleza de Santa Teresa e o Forte de San Miguel. 

A cidade de Velazquez, pequeno povoado carregado de história, o que lhe valeu o reconhecimento como "Capital histórica" do departamento. Em suas proximidades encontra-se o primeiro Mercado do nacionalista Bernanrdo Olid e a casa do poeta e jornalista Constancio C. Vigil. A 6 km da cidade está o lugar exato onde se travaram as batalhas de India Muerta, na luta pela independência do país. 

As costas do Uruguai tem tido a justificada fama de "cemitério de barcos". A variabilidade do clima, a abundancia de névoa, a força dos ventos e os acidentes geográficos favoreceram os naufrágios. Os dados extraídos dos documentos oficiais, aumentados muitas vezes pela lenda, dizem que muitas destas embarcações que naufragaram levavam em suas entranhas fabulosos tesouros, o que tem atraído a atenção dos visitantes.