Naufrágio: Cathay VIII

Na manhã, de 15 de setembro de 1977, os habitantes de La Pedrera daquela época, amanheceram com uma estranha aparição sobre as areias deste balneário, se tratava de um navio pesqueiro de bandeira chinesa que viajava em direção ao Atlântico Sul: o Cathay VIII.

Naufragio Cathay VIII en La Pedrera, Rocha, Uruguay
Foto: Martha Bello

Uma enorme embarcação, quase nova, permanecia tranquila, com seus tripulantes no convés às margens do que hoje é a praia do Barco. Ao ter problemas de máquina durante um forte temporal, encalhou a poucos metros da perigosa ponta rochosa de La Pedrera, com 21 tripulantes, todos sobreviveram. O mar o havia empurrado sobre a praia, deitando-o levemente à direita. 

O resgate

Os tripulantes foram amavelmente recebidos por habitantes do balneário, que deram comida e um lugar para dormir enquanto esperavam por alguma tentativa de resgate ou de serem enviados a Taiwan pela companhia pesqueira. 

Desde esse dia e durante todo o verão de 1978 tentaram soltá-lo com o navio Huracán da Armada Uruguaia e também com o rebocador Lavalleja, que esteve trabalhando durante toda a noite de 24 de dezembro, mas o resgate foi inviável. 

Hoje o Cathay III

Passou o tempo e o Cathay VIII foi parcialmente desmontado, as ondas e o salitre corrosivo da água salgada foram vencendo o metal do barco, ficando ainda mais visível sobre a praia, o paiol de proa. 

Naufragio Cathay VIII en La Pedrera, Rocha, Uruguay

Em sua próxima visita a La Pedrera, caminhar pela praia ¨Del Barco¨ até os restos que estão sobre as areias é um passeio obrigatório. O Cathay VIII é um dos belos cartões-postais que nos presenteia o balneário, além disso, desde seu casco histórico e enorme há uma panorâmica sacada com vista ao Oceano Atlântico.   



Cathay VIII, La Pedrera, Uruguay
Cathay VIII, La Pedrera, Uruguay