Lagoa de Castillos

A Lagoa de Castillos se encontra a 15 quilômetros ao sul da cidade de Castillos, ao leste do Uruguai. Forma parte da Reserva de Biosfera e Banhados do leste, declarada pela UNESCO. Também integra o sítio Ramsar Bañados del Este. Foi denominada como Área Importante para a Conservação de Aves por sua importância ornitológica. 

Humedales, oceano, rio, montes e palmares

A lagoa de Castillos é uma das mais deslumbrantes lagoas de Rocha; 8 mil hectares formam este espelho de água, cuja profundidade não supera os 5 metros. Se conecta com o oceano Atlântico através do rio Valizas. Este rio apresenta um regime de abertura e fechamento de sua barra arenosa em sua desembocadura, permitindo periodicamente a entrada de água de mar na lagoa, o que produz mudanças na salinidade e transparência de suas águas, permitindo o desenvolvimento de uma ampla diversidade biológica. 

A zona da lagoa conta com diferentes humedales e junto a ela é o maior bosque de ombúes da região de Plata, assim como agrupamentos de palmares. 

Ecoturismo às margens da Lagoa de Castillos

Ao norte da mesma, e dentro da área protegida, está Barra Grande, estabelecimento turístico tradicionalmente dedicado a ganaderia extensiva. Este prédio recebe a contribuição de todas as águas do Norte da bacia da lagoa, pelo qual em um curto percurso é possível apreciar uma grande variedade de ecossistemas: pastos, paineiras, montes de colinas e banhados. 

Puente colgante en Barra Grande, Castillos

Às margens da lagoa se situa a estância Guardia del Monte, declarada patrimônio histórico, cercada pelo monte de ombúes, onde se levanta seu histórico casco. São múltiplos os atrativos e as atividades que se podem realizar, como o avistamento de aves, passeios guiados pelo monte indígena, canoagem, pesca esportiva, cavalgadas e passeios com carro. 

Recomendações para uma melhor vista panorâmica 

Pela rota 9, a altura do km 246 voce poderá contemplar um dos melhores postais da lagoa de Castillos e o oceano Atlântico de fundo. Um pouco mais adiante, no km 251, um caminho de seis quilômetros te leva acima do Cerro Agapito, que oferece uma vista panorâmica da lagoa e da Cuchilla de la Carbonera. No km 256 se extende um amplo ceibal, onde cresce a flor nacional do Uruguai, o ceibo, ideal quando estas árvores estão com flores, na primavera ou verão. 

Um dos vários parques  de palmas pode ser avistado sobre o quilómetro 257. 

Atividades na lagoa

Habitát de 256 espécies de aves registradas, sendo o avistamento uma das atividades mais praticadas ali. Entre elas: flamenco austral, dragão, viuvinha branca grande, cegonha, cisne de pescoço negro, nandu, garça, mora, chajá, águia, falcão caramujeiro. Um mirante, localizado na união da lagoa com o rio Valizas, oferece um espaço perfeito para, com muita calma, poder avistar as espécies. A esta atividade se soma a observação de animais nativos, que dão a categoria de "Refúgio de Fauna". Lobos, jaritatacas e gambás, gato montés, capivara, lontra, entre outros. 

Cisnes de cuello negro en la laguna de Castillos

E também poderá percorrer o Monte de ombúes, realizar cavalgadas às margens da lagoa ou percorrer o espelho de águas em kayaks ou canoa. 

Está proibida a caça de animais, acampar e acender fogo. 



Disfruta de Lagoa de Castillos

Estância turística
Todo o ano Barra Grande, turismo rural em Uruguai, passeios guiados ao Monte de Ombúes e Laguna de Castillos
Passeios
Todo o ano Marianna Aventuras, passeios personalizados em Rocha